Page 10 - jornal_asseag_mkc_3_215
P. 10

Página   10
                                                     www.asseag.com.br                                                  Página   06





  O que temos que fazer






  ANTES da indústria 4.0





  O impacto das telecomunicações





     O tema “indústria 4.0” está sendo bastante ex-
  plorado, e não é o objeto principal desta abordagem.
  Na realidade, não necessariamente uma indústria tra-
  dicional  de  transformação  faz  parte  desta  temática,
  mas pode também estar ligado à serviços e diversas
  outras formas de inovação nas soluções da atualida-
  de,  ao incluir recursos interativos em equipamentos
  de uma residência (pensando em uma estrutura mi-
  nimalista) ou mesmo a gestão integrada de diversos
  equipamentos para uma cidade: semáforos, informa-
  ções de saneamento e deslocamento de pessoas. Tudo
  isto pode estar interconectado e até gerido através de
  uma única plataforma.
     Na realidade, a interação entre diversos dispositi-
  vos é um ponto muito importante para a indústria 4.0.
  E quero aqui fazer uma provocação sobre os temas de   Ainda antes da indústria  4.0 — com uma      estrutura começa a impactar na emissão de NFe
  infraestrutura necessários, que são necessários para   rede de telecomunicações bem estruturada para   (impedindo o faturamento de clientes), na emis-
  que tudo isto seja possível.                       atender às empresas — temos a infraestrutura    são de CT-e (ao fazer com que os caminhões fi-
     Já faz bons anos que é fato a necessidade de emis-  interna da empresa. Muitas vezes tão precária   quem parados na empresa), no envio do arquivo
  são de documentos oficiais para operação das empre-  quanto às redes das Teles. E neste caso, quem   CAD para uma máquina da linha de produção
  sas. Alguns exemplos são: NFe, CT-e, certidões para   poderia resolver?                            (parando sua fábrica), na demora da produção
  diversos  fins,  guias  de  impostos  e  muitos  outros.   Pois é, muitas vezes as empresas em geral não   de uma atividade no computador do funcionário
  Mesmo sendo a conexão de internet um insumo bási-  se dão conta com a sua estrutura interna de redes   (fazer com que a empresa pague estas horas de
  co para a operação das empresas, ainda temos sérios   de computadores, redes sem fio e demais compo-  trabalho ao funcionário, sem efetiva produtivi-
  problemas de conectividade nas empresas, mostrando   nentes desta estrutura. Normalmente este “cen-  dade). Enfim... aí é onde está o problema.
  o despreparo da infraestrutura de telecomunicações   tro de custos” acaba sendo encarado como “cus-  Apesar das inovações não poderem esperar, a
  mesmo em regiões centrais.                         to”, o que não é de todo errado. Mas quando esta   estrutura de redes e computadores de uma em-
   5   6   7   8   9   10   11   12